Egito desinfeta área de pirâmides esvaziadas de turistas

Operários com máscaras e luvas esfregaram e borrifaram passagens

O Egito começou a realizar uma limpeza profunda na área ao redor das pirâmides de Gizé nesta quarta-feira, 255, já que as autoridades estão trabalhando para desinfetar pontos turísticos fechados por culpa do surto de coronavírus.

Operários com máscaras e luvas esfregaram e borrifaram as passagens no entorno das bases das pirâmides, além da cabine de ingressos e de um centro de visitas, mas as próprias estruturas de pedra gigantescas não foram limpas.

Todos os sítios arqueológicos e museus famosos do país, do Museu Egípcio do Cairo ao Vale dos Reis de Luxor, estão fechados desde a segunda-feira,23. As autoridades tentam evitar a disseminação do coronavírus.

Como os voos comerciais estão suspensos, exceto aqueles que estão repatriando os últimos turistas remanescentes, as autoridades vêm esterilizando hotéis e atrações turísticas de toda a nação.

Até o momento, o Egito relatou mais de 400 casos de coronavírus e 21 mortes.

A maioria dos casos está ligada a um navio de cruzeiro do Nilo no qual tanto passageiros estrangeiros quanto tripulantes locais foram diagnosticados.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*