“Ele bebia o sangue dela” relata amiga de jovem mantida em cárcere privado em Camaçari

Nesta manhã (23) durante entrevista ao Bahia no Ar especial de sábado, uma amiga pessoal de Deisiane, de 19 anos que foi mantida em cárcere privado por 6 meses, pelo namorado de 23 anos, relatou os momentos difíceis que a jovem passou dentro de casa em Camaçari.

“Foi chocante me partiu o coração saber das agressões. Era um relacionamento conturbado, mas a gente não esperava isso dele”, explicou.

Deisiane, 19 anos

“Ele batia nela até ela sangrar. Ele bebia o sangue dela e escrevia na parede que a amava com o sangue”, completou. De acordo com a jovem, a amiga está psicologicamente muito abalada e sente medo de ser morta pelo agressor.

“Ela sente dores e o rosto dela possui marcas de agressão. O pai encontrou Deiseane amarrada na cama e ela já estava há dias sem comer”, finalizou.

24 Comentário

  1. Isso normalmente acontece com filhos que desobedecem seus pais.
    Vão morar com pessoas sem o consentimento dos pais e dá nisso aí, e muitas das vezes acaba em morte. Filhos que ouve seus pais são bem sucedidos, palavra do Senhor.

  2. Hoje em dia,tem que conhecer e muito a pessoa para viverem juntos,isso não quer dizer que vai levar descobrir quem é a pessoa,tem casos que tem relacionamento de anos e que o companheiro,resolve agredir a esposa.
    Tem que endurecer essa lei do feminicídio e que o culpado cumpra a pena,sem direito a regressão.

  3. Só que esse criminoso já enviou advogado pra defender ele e dizer que vai se apresentar, só não sabe o dia. O que acontecerá? Vai responder em liberdade. Essa é a nossa (in) justiça.

  4. Nós estamos perto de psicopas e não sabemos esse cara não merece está solto por aí ,para fazer o mesmo com outras garotas .É que sirva de exemplo para outras meninas pra não confiar em qualquer pessoa
    Que Deus abençoe que ela se recupere em todos os sentidos

  5. O que me deixa indignada é ver que está cheio de advogados que tem coragem de defender uma pessoa dessa mesmo sabendo o que ela fez, sem ter um mínimo de respeito pela vítima, uma defesa baseada em mentiras, estas pessoas não tinha nem que ter direito de defesa, mulheres tenham amor próprio, se amem mais

  6. O que me deixa indignada é ver que está cheio de advogados que tem coragem de defender uma pessoa dessa mesmo sabendo o que ela fez, sem ter um mínimo de respeito pela vítima, uma defesa baseada em mentiras, estas pessoas não tinha nem que ter direito de defesa, mulheres tenham amor próprio,se amem mais, merecemos ser respeitadas, e não tratadas como mercadoria e objeto de ninguém,

  7. Muitas coisas acontendo as mulheres, independente de classe social, são atacadas de diversas formas, por homens que se acham donos de suas companheiras, honrem as calças que vestem, não somos objeto e nem mercadoria de posse de ninguém, merecemos respeito, o pior disso é Ainda advogados que defendem um ser dessa espécie, sabendo das atrocidades que o ser cometeu, como pode, isso para mim é advogado ser caráter e honra

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*