O secretário de administração de Camaçari e ex-prefeito do município, Helder Almeida (UB), oficializou na manhã deste domingo (3), sua desistência quanto às eleições de outubro, notícia que já tinha sido antecipada pelo radialista Roque Santos.

Helder, que se colocava como pré-candidato a deputado estadual, afirmou que desistiu do pleito após ampla análise acerca do quadro político da Bahia que, a seu ver, anda muito confuso e complicado.

“Nós precisamos de um número de votos para se eleger, e em Camaçari somente a gente não consegue essa votação. Todo mundo sabe que é preciso que a gente tenha bases no interior que somem e complementem isso”, Helder disse em vídeo publicado no Instagram.

“É um momento de reflexão e essa decisão tomada visa também preservar os amigos e a mim pessoalmente, porque é um processo desgastante o processo de eleição e, sobretudo sem base no interior, a gente vê muito pouca chance de sucesso”, completou.

Ainda de acordo com o ex-prefeito, seu pensamento agora é ajudar eleger ACM Neto (UB), pré-candidato a governador da Bahia. “Vamos estar juntos nessa luta, vou me empenhar bastante porque o importante é que a gente traga para o nosso estado um futuro melhor”, afirma.

Mas, quem pensa que Helder desistiu de ser testado na política, enganou-se, no mesmo vídeo gravado nesta manhã, o político mira a sucessão de Elinaldo Araújo (UB) em 2024.

“2024 vem aí e eu quero ver se construo uma alternativa viável e que traga para Camaçari esperança de novos dias. Continuar esse trabalho e ao mesmo tempo ampliá-lo”, ele concluiu sobre o assunto.

0 0 votos
Article Rating