“Eles vão ter que me engolir”, prefeito Elinaldo durante inauguração do CRAS

Faltando pouco mais de um ano para as próximas eleições municipais, o clima de disputa política em Camaçari deve ficar cada vez mais acirrado.

Durante a inauguração da nova unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro Verdes Horizontes, nesta terça-feira (27), o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo, mandou um recado para seus adversários políticos. “Eles vão ter que me engolir.”

A colocação do prefeito foi feita após ele relatar durante o seu discurso uma série de ataques contra ele durante a campanha de 2016 e que, segundo ele, continua sendo disseminado pelos seus opositores de maneira maldosa. “Para eles eu sou o sem estudo, o sem projetos para a cidade, o pobre e feirante, mas sou eu que vou entregar em quatro anos de gestão uma cidade totalmente transformada para o povo de Camaçari”, pontuou Elinaldo.

Faltando pouco mais de um ano para as próximas eleições municipais, o clima de disputa política em Camaçari deve ficar cada vez mais acirrado. O opositor do prefeito Elinaldo, o ex-deputado Luiz Caetano, traz como provável nome para a disputa eleitoral na cidade, a sua esposa Ivoneide.

Em 2016, Caetano sofreu a sua pior derrota para o atual prefeito Elinaldo, que foi eleito com quase 30 mil votos de vantagem.

9 Comentário

    • bolso prefeito não tem que intrometer nisso não. Órgão de fiscalização de trânsito tem que ser técnico e não político. Quem anda certo não toma multa. Nós só aprendemos quando dói no nosso bolso.

  1. Quem é Ivoneide??Acho melhor a esposa do maior mentiroso da história de Camaçari continuar advogando,pq para prefeito em Camaçari ela esqueça.
    Estamos com Elinaldo 2020,esse fez e faz a diferença!

  2. O prefeito está falando em mudar o sistema de marcação de exames,mas esquece que tem postos médicos que estão sem geladeiras para armazenar vacinas,quanta hipocrisia,vamos cuidar do básico

  3. Ficar fazendo propaganda é fácil,quero ver resolver o problema dos engarrafamentos constantes no viaduto do trabalhador a população não aguenta mais,chega de conversa fiada e vamos trabalhar,cadê a duplicação do viaduto?

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*