Na manhã desta quarta-feira (22), o radialista Roque Santos conversou, por telefone, durante a primeira edição do programa Bahia No Ar (Rádio Sucesso 93.1) com a secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes) de Camaçari, Andréa Montenegro, e a primeira-dama do município, Dona Ivana Paula (madrinha do Projeto Abrace Camaçari).

Na oportunidade, a secretária falou sobre a ação de Páscoa na cidade, através da entrega de cestas básicas. Segundo ela, foram quase 35 mil famílias alcançadas.

“Tivemos que seguir essa logística de entrega, de porta em porta, e digo que a população aprovou e que, na verdade, teve as mãos de Deus, porque eu posso dizer que seguindo essa estrutura, de entregar de porta em porta, nossa equipe inclusive, visualizou outras situações ao longo do social, acolheu e fez o acompanhamento dessas outras famílias que não estavam cadastradas nessa ação de Páscoa”, disse. “Chegaram a quase trinta e cinco [35] mil famílias, e aí eu posso dizer que fazendo uma média de quatro pessoas por família, a gente chegou a mais de cem [100] mil pessoas nessa ação de Páscoa”.

A primeira Dama destacou a paciência da população em meio as dificuldades enfrentadas por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Dizer que me sinto muito feliz de ter tido uma ação de Páscoa de sucesso. Estive sempre ao lado da secretária Andréa, preocupada com toda nossa população. Os nossos municípes também, graças a Deus, entenderam o momento que estamos passando, essa pandemia, e esperaram chegar o seu benefício em casa, com toda paciência. Não foi possível entregar até a ‘Sexta-Feira Santa’, mas seguimos e conseguimos entregar a todos os municípes que eram beneficiados”, contou.

Questionada qual o momento mais complicado durante a realização da demanda, Dona Ivana salientou que foi a decisão de como seriam realizadas as entregas, tendo em vista que já havia sido feito um planejamento anterior.

“O momento mais difícil foi o momento de ter que tomar a decisão de como seria feita essa entrega, a logística, porque todo governo tinha preparado uma logística. Nós ampliamos os pontos de entrega para que fossem nas escolas, mas a Secretaria de Saúde, o Ministério Público e a Polícia Militar recomendaram que não fosse feito dessa forma, para preservar a população. Então, tivemos que modificar toda estrutura. Bate o nervosismo, ‘será que vai dar certo?’, mas graças a Deus conseguimos contemplar”, anexou.

Andréa definiu o momento como “algo desafiador” e “nunca visto em gestão nenhuma”.

“Foi algo novo para todo mundo, algo desafiador. Quem conheceu os bastidores da ação sabe o que eu estou dizendo nesse momento, e aqui eu deixo registrado, primeiro, toda orientação, toda idealização feita pelo prefeito Elinaldo Araújo, no sentido de que a ação não parasse, mas que a gente pudesse fazer com que esses alimentos chegassem as pessoas. Tive também ao meu lado a primeira Dama, sempre atuante, uma pessoa iluminada que a todo momento mostrou garra. Foi algo nunca visto em gestão nenhuma no município de Camaçari”, endossou.

Dona Ivana também agradeceu aos colaboradores e demais envolvidos na ação.

“Não posso deixar de agradecer aos voluntários, todos os funcionários, todos os secretários envolvidos, que não só foi a Secretaria de Desenvolvimento Social, mas teve todo o apoio das outras Secretarias. Eu não posso deixar de agradecer porque todos colocaram também em risco a sua saúde, mas para estar ali em um bom momento, sendo solidário ao outro”.

Abrace Camaçari

Durante a entrevista, a primeira-dama falou da atuação do Abrace Camaçari nesse momento de enfrentamento à Covid-19.

“O Abrace Camaçari está de portas abertas recebendo doações, inclusive, já recebemos doações de empresários, de alimentos, de material de limpeza. E ontem [terça-feira – 21], o Abrace Camaçari já está na página, uma vaquinha solidária online, para que todos os municípes possam fazer sua doação, não importa a quantidade, o que importa é ser solidário nesse momento. Temos que estar todos juntos em prol da nossa população”.

Reprodução

Para ter acesso ao link da vaquinha online clique aqui

Isolamento Social

Dona Ivana reforçou que a população adote o isolamento social e fiquem em suas residências, saindo apenas em situações de urgência.

“Quero aproveitar e pedir que a população fique em casa. Nós estamos trabalhando por todos, nós precisamos cuidar dos nossos idosos, nós temos pais, temos tios, temos vizinhos e precisamos nos conscientizar nesse momento que o isolamento social é necessário, precisamos que as pessoas entendam que tem que ficar em casa. Desde o primeiro momento dessa pandemia que eu posto nas minhas redes sociais alguns ‘cards’ pedindo que as pessoas fiquem em casa. Então, nesse momento, não só como primeira-dama do município, mas como filha dessa cidade, eu peço que a população fique em casa”, recomendou.

0 0 voto
Article Rating