Em suposto áudio para médicos, diretora do Menandro de Faria fala em fechar hospital

Diretora fala em fechar as portas da unidade caso os salários dos médicos não sejam regularizados. Profissionais estão há seis meses sem receber pagamento.

A situação dos médicos que atendem no Hospital Menandro de Faria, em Lauro de Freitas, não está nada fácil. Conforme informações chegadas ao Bahia No Ar, alguns profissionais estão há seis meses sem receber o pagamento dos salários.

Em um áudio que está circulando na internet, supostamente enviado para um grupo de médicos, a diretora da unidade, Drª Murita Laborda, diz que vai fechar o hospital caso os pagamento atrasados não sejam regularizados.

” Inclusive, eu já tinha falado ao pessoal da DGRP que mesmo eu tendo médico se não tivesse pago aos outros médicos, a vocês, eu iria fechar as portas do hospital. Tenho que tomar uma atitude dessa assim drástica porque é muito difícil trabalhar assim. Muito difícil, pra vocês e pra mim que tomo conta, que sou gestora, que vejo isso acontecer. Eu sou médica antes de tudo e vou morrer médica. Eu só estou diretora. Mas, médica eu sou a vida toda, desde quando me formei. Então realmente é muito difícil. Peço desculpas a vocês por esse tempo todo sem receber dinheiro, mas, se não sair de hoje para amanhã, não sei o que realmente vai acontecer. Porque a gente vai ter que tomar uma atitude mesmo”, diz a mulher no áudio.

Escute o áudio na íntegra:

 

 

 

 

 

5 Comentário

  1. Porquê não!!, o governo do estado queria fechar o HEOM ( Hospital Especializado Octávio Mangabeira) situado no bairro do Pau Miúdo, esse povo não assiste jornal depois querem saber das coisas, semanas atrás foi anunciado na Rede Record através do Balanço Geral que a Bahia estava desativando 1100 vagas de pediatria e ninguém falou nada!!.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*