Enderson Moreira volta a falar da cansativa maratona de jogos e rasga elogios ao Atlético-PR

"A gente vai completar 12 jogos assim: quarta e domingo", reclamou o treinador

O desgate físico foi um dos motivos de explicação de Enderson Moreira ao falar derrota do Bahia, desta vez para o Atlético-PR, na tarde deste domingo, na Arena da Baixada. O Tricolor foi batido por 2 a 0, gols marcados por Pablo e Rony, em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O desgaste ajuda a explicar o resultado, mas o treinador fez questão de deixar claro que não está usando a maratona de jogos que os atletas do Bahia tiveram que encarar em agosto como desculpa. Enderson concedeu entrevista coletiva após a derrota.

“A gente vai completar 12 jogos assim: quarta e domingo. Só para ter uma idea: nós jogamos em Curitiba hoje, a gente jogou na quarta em Fortaleza e no sábado jogamos contra o Santos. Você vê que são três jogos seguidos fora de casa. Tem que fazer viagem, tem que fazer uma sequência de jogos… Além de ser jogos em sequência, são jogos fora. Causam desgaste. Não é só do jogo. É da viagem, é do aeroporto, é de ficar, é de sair, fazer conexão… A gente tem que continuar enfrentando isso, sem justificar nada, sem pegar bengala. A gente precisa passar por cima. A gente sabe que tem qualidade para fazer jogos melhores. Nossa preocupação tem sido recuperar os atletas e é isso que a gente vai buscar para quarta-feira”, disse Enderson.

Em vez de apontar as falhas de sua equipe na partida, Enderson preferiu enaltecer a atuação do Atlético-PR, que foi superior durante os dois tempos de jogo.

“Eu acho que a gente tem que enaltecer, acima de tudo, o jogo que o Atlético-PR fez. Uma equipe muito bem montada. O Tiago tem ideias que cria dificuldades. Eles deram largura no jogo e isso nos criou dificuldades. A gente tentou ajustar no segundo tempo, até que a gente sofreu menos, mas sofremos os gols. Duas lesões no intervalo, que nos tiram muitas possibilidades de fazer outro tipo de ajuste. O Atlético teve um ótimo jogo, está inteira em termos físicos. A gente está indo para o 10º jogo seguido. Toda quarta, todo domingo, toda quarta, todo domingo. Nenhum tipo de pausa, e isso não é desculpa. Mas a gente não tem todo tempo de preparar com uma semana aberta. Talvez depois do São Paulo a gente tenha essa possibilidade. Falar que o Atlético foi competente e merecedor do resultado pela partida que fez”, afirmou.

Com a derrota, o Bahia caiu para a 14ª posição, com 25 pontos. O próximo compromisso está marcado para esta quarta-feira, quando o Tricolor recebe o Sport, na Arena Fonte Nova.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*