Enem termina com 27,19% de ausentes e 747 participantes eliminados em todo o país

3,7 milhões candidatados marcaram presença no segundo dia.

Foto: Divulgação

Neste domingo (10) foi realizado segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em todo o Brasil. Após o fim da aplicação, o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram o balanço da realização do exame neste ano.

De acordo com os dois órgãos, 3,7 milhões candidatados marcaram presença no segundo dia. Os faltosos corresponderam a 27,19% no total. A taxa do primeiro dia, que foi 23,1% superou a de 2018, até então a mais baixa, que foi de 24,76%. A contagem é feita desde 2009, quando o exame foi reformulado para selecionar estudantes para universidades brasileiras.

“Tivemos a menor abstenção de todos os tempos, tanto no primeiro dia, quanto hoje”, afirmou o ministro da Educação, Abraham Weintraub. A porcentagem de abstenção no segundo dia superou a menor taxa até então, que era a de 2015, quando 27,33% dos candidatos inscritos não compareceram ao exame.

Quanto ao número de eliminados por algum tipo de descumprimento de regra, no total foram 747 participantes, sendo 371 candidatos no segundo dia de exame e 376 pessoas no primeiro dia.

“Tivemos, acho que agora dá para afirmar, o melhor Enem de todos os tempos, tanto em execução, operação, logística, como também em termos de formulação”, disse Weintraub.

1 Comentário

  1. Eu participei do Enem e realmente, foi o melhor dos melhores desde quando foi implantada. Parabéns ao governo federal, ao ministro da Educação e todos aqueles que trabalharam, valem lembrar, que todos nós apoiamos aos órgãos competentes por identificar e punir aqueles mais elementos que tentaram manchar este evento entre outros…

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*