Em conversa com o radialista Roque Santos na noite desta segunda-feira (1°), durante exibição, pelas redes sociais do Bahia No Ar, do programa ‘Conectados’, a secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes) de Camaçari, Andréa Montenegro, falou sobre a duração dos benefícios emergenciais criados, sobretudo, para a população em vulnerabilidade social nesse período de enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19) na cidade.

Segundo a secretária, os benefícios seguem até quando “perdurar a pandemia” da Covid-19.

“Por enquanto não [tem prazo de finalização], enquanto perdurar a pandemia nós estamos com esses benefícios emergencias, e a cada momento dialogando com o secretário da Fazenda [Joaquim Bahia], dialogando com o prefeito [Elinaldo Araújo] para que a gente possa tá analisando dia a dia, as demandas, e como a gente tem buscado, fazer o estudo e, ao mesmo tempo, identificando as vulnerabilidade[s] porta em porta”, garantiu.

Em seguida, a secretária destacou uma ação realizada na presente data em Vila de Abrantes, região com o maior número de casos confirmados do novo coronavírus em Camaçari.

“Hoje mesmo, nós tivemos uma ação lá em Vila de Abrantes. Vila de Abrantes que tem sido uma das áreas onde tem tido a maior área de infectados, e nós lá fizemos hoje a distribuição de cestas e ao mesmo tempo o estudo do grupo familiar, como uma forma de fazer com que as pessoas permaneçam em suas casas e só saiam, de fato, se tiver uma necessidade e, em saindo, que utilizem as máscara[s]. Máscaras essas, também, em parceria com a Secad [Secretaria da Administração], que nós estamos disponibilizando para toda a população. São em torno de duzentos e cinquenta [250] mil máscara[s] que o município de Camaçari está distribuindo para a população, para que a gente possa tá aí com mais uma ação de combate ao coronavírus”, disse.

Entre os benefícios emergenciais disponíveis em Camaçari, nesse período de pandemia, destacam-se o Vale Cesta Básica (destinado à alimentação de pessoas em situação de extrema vulnerabilidade) e o Vale Merenda (no valor de R$ 45, fornecido aos estudantes da rede pública municipal de ensino e entregue a um de seus responsáveis legais).

Assista a entrevista na íntegra clicando aqui.

0 0 voto
Article Rating