Ex-governador Pezão fica inelegível até 2022, decide TSE

Nesta terça-feira(9), por 4 votos a 3, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que o ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão está inelegível até 2022.

Ao tomar a decisão, o TSE considerou que Pezão cometeu abuso de poder econômico nas eleições de 2014.

Como a lei estipula que a inelegibilidade vale até as eleições que ocorrerem oito anos após o pleito onde houve a irregularidade, Pezão fica inelegível até 2022.

A defesa do ex-governador ainda pode recorrer ao próprio TSE ou ao Supremo Tribunal Federal (STF).

5 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*