Fake news envolvendo Rui e Pelegrino será apurada em inquérito

A Secom diz que a informação foi inventada e o criminoso simulou que a conversa foi publicada em um site.

Foto: Divulgação

Após a divulgação de uma suposta conversa entre o governador Rui Costa (PT) e o deputado federal Nelson Pelegrino (PT) em um grupo de Whatsapp, o chefe de estado determinou abertura de inquérito para apurar a disseminação de fake news do qual afirma ter sido vítima nesta quinta-feira (11).

Segundo nota da Secretaria de Comunicação Social (Secom), a informação foi inventada e o criminoso ainda simulou que a conversa sobre a reforma da Previdência foi publicada em um site de notícias.

Ainda em nota, Rui chamou a atenção para os riscos que todos os cidadãos estão expostos quando criminosos usam as redes sociais para espalhar notícias mentirosas. “Todos sabem o meu posicionamento e o dos governadores do Nordeste sobre a reforma da previdência. Essa fake news vai ser tratada como crime grave”, disse o governador.

Já um trecho da suposta conversa entre os petistas diz: “já que a proposta não foi enviada do jeito que imaginamos (incluindo os estados), não vamos botar a cara para aprovar um projeto que não tem apoio popular no Nordeste”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*