Falta de atenção ao volante foi causa de 1/3 dos acidentes registrados no primeiro semestre de 2019

Foto: Reprodução

Cerca de 32 mil acidentes de trânsito com 2,5 mil mortes e 37 mil feridos foram registrados no primeiro semestre de 2019. Os dados, disponibilizados pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) com base em informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), apontam que a falta de atenção à condução, a ingestão de álcool, o sono ao volante, mal súbito, restrição da visibilidade e a ingestão de substância psicoativas são os principais motivos para a realidade desses números preocupantes.

Juntas, essas causas somam 16.107 registros de acidentes, quase a metade de todos os 32.068 contabilizados pela PRF; elas também foram responsáveis por 988 óbitos e 18,7 mil feridos.

O levantamento mostra ainda que o fator que menos causou acidentes de trânsito foi a desobediência às normas de trânsito por pedestres, com um total de 176 casos registrados.

De acordo com a Abramet, nos últimos cinco anos 250 mil acidentes em rodovias foram motivadas pela condição de saúde dos motoristas.

O relatório também destaca que durante o primeiro semestre de 2019 metade dos acidentes com vítimas nas rodovias brasileiras podem estar relacionadas com a saúde física e mental dos motoristas.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*