Falta de iluminação na Estrada do Coco preocupa vereadores de Camaçari

Com a intenção de amenizar o problema, o vereador Marcelino (PT) apresentou uma indicação pedindo para a Prefeitura de Camaçari a instalação de postes com iluminação nas passagens de acesso ao longo da BA-099

Imagem ilustrativa

Cenário de constantes acidentes de trânsito e assaltos, a BA-099 (Estrada do Coco), importante ligação entre os municípios de Camaçari e Lauro de Freitas e um dos principais acessos à capital baiana, foi tema de discussão na Câmara de Vereadores de Camaçari na sessão desta terça-feira (10). Entre os principais motivos para o alto índice de acidentes e ações criminosas estão os trechos mal iluminados ao longo da rodovia.

Com a intenção de amenizar o problema, o vereador Marcelino (PT) apresentou uma indicação pedindo para a Prefeitura de Camaçari a instalação de postes com iluminação nas passagens de acesso as localidades de Catu de Abrantes, Vila de Abrantes, Jauá, Areias, Cetrel, Barra do Jacuípe, Monte Gordo, Genipabu, Canto do Sol e Barra de Pojuca.

A proposta foi aprovada pelos demais vereadores presentes, mas a maioria fez questão de ressaltar que a responsabilidade pela via e, consequentemente, pelo serviço de iluminação, é da Concessionária Litoral Norte (CLN), criticando em seguida a forma como a empresa tem explorado a rodovia sem dar a justa contrapartida. O vereador Junior Borges (DEM) ampliou a lista de responsáveis: “Não podemos esquecer que o governo do estado é o grande fiscalizados na CLN. A Assembleia Legislativa também deve ser incluída nesse debate”, sugeriu.

Leia também: