Nesta sexta-feira (27), a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) deu continuidade às vistorias em farmácias e estabelecimentos que foram denunciados pela venda, com preços abusivos, de produtos como álcool em gel e máscaras de proteção.

As vistorias do órgão são realizadas desde o início da pandemia provocada pelo coronavírus. Nesta fase da operação, a superintendência está notificando e ouvindo as justificativas das empresas. Até o momento, 18 estabelecimentos foram visitados e 14 notificados. Os nomes não foram divulgados pelo Procon.

De acordo com o diretor de fiscalização do órgão, Iratan Vilas Boas, a participação da população tem sido de extrema importância. “Os locais que estamos vistoriando foram denunciados pela população através dos canais de denúncia do Procon-BA. É de suma importância que as pessoas continuem participando para que possamos realizar as fiscalizações em defesa do consumidor”, pontuou Iratan.

Além da plataforma do Consumidor, as denúncias ao órgão também podem ser encaminhadas pelo aplicativo Procon BA Mobile ou por e-mail ([email protected]).

 

0 0 voto
Article Rating