Fluminense pode ser acionado na justiça por atraso salarial; entenda

A crise financeira em alguns clubes de futebol é bem forte no Fluminense do Rio de Janeiro. O clube chegou ao terceiro mês de salários atrasados. Com bloqueio de verbas de vendas de jogadores e a falta de um patrocinador master, o clube não consegue cumprir com suas obrigações.

Existe a possibilidade de atletas acionarem a justiça, como aconteceu com Gustavo Scarpa no início de 2018. Segundo o site “OGLOBO”, alguns jogadores estão irritados com as promessas não cumpridas pelo presidente Pedro Abad. O clube ainda não pagou 13º e férias de 2018, janeiro e fevereiro de 2019, além de ter dívidas de direito de imagem de novembro e dezembro de 2018, além de janeiro de 2019 e pode chegar ao quarto mês ainda em março.

Os funcionários também sofrem com a falta de recebimento dos salários. Quem recebe via pessoa jurídica (PJ) só recebeu o mês de dezembro no meio de fevereiro. Para estes, o atraso é de dois meses. 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*