Governo faz nova proposta que limita saques do FGTS a R$ 500 em 2019

Independentemente de quantas contas tiver, o trabalhador só poderia sacar no máximo esse valor para cada conta que tiver.

Foto: Divulgação

O governo estuda limitar os saques das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em R$ 500 neste ano. O valor máximo seria para contas ativas (dos contratos atuais) e inativas (de contratos inativos). Independentemente de quantas contas tiver, o trabalhador só poderia sacar no máximo esse valor para cada conta que tiver.

Segundo informações do site Época Negócios, o limite foi discutido nesta segunda-feira (22) em uma reunião no Ministério da Economia, segundo apurou o Estadão/Broadcast.

Ainda segundo a publicação, o público-alvo da medida são 100 milhões de contas do fundo (um trabalhador pode ter mais de uma conta). A partir do ano que vem, a ideia é permitir que os trabalhadores tenham direito a uma nova modalidade de retirada dos recursos: o “saque aniversário”. Se escolher essa opção, o trabalhador vai ter que abrir mão de resgatar a totalidade do fundo caso seja demitido sem justa causa.

Nessa situação, ele continuaria a sacar a parcela dos recursos anualmente até acabar. A ideia agora é ampliar as faixas do saque aniversário. Estão sendo estudadas faixas de limite e também um valor fixo.

Depois da divulgação, o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou os porcentuais e adiantou que a liberação teria potencial de injetar R$ 42 bilhões na economia. Em seguida, o Ministério da Economia afirmou que refez os cálculos e que deveriam ser liberados R$ 30 bilhões.

O presidente Jair Bolsonaro disse que o anúncio deve ser feito na próxima quarta-feira (24). O limite de R$ 500 para este ano seria uma forma de atender à construção civil. Um dos principais apoiadores do setor é o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

29 Comentário

  1. Essa pagina é uma comedia adoro ela.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Ela copia exactamente a reportagem de outro site, e quando vc tenta copiar uma linha do dela aparece “direitos reservados”

    Resumo;
    Mais uma das matérias assim;
    Um jornalista houve vozes na cabeça dele, escreve a matéria milhares de jornalistas (se dizem) copiam e colam e saem replicando.

    Ai não é verdade e vem com outra meteria dizendo que o presidente voltou atrás na decisão
    Kkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Ta de palhaçada.. hj em dia tá tudo caro..Aí que libera só 500 reais..do fgts..não da pra fazer nada com essa e
    Dinheiro….Eu não sei porq esse contrição civil que pega nosso dinheiro..bando de filho da puta aí fica fácil
    . Usar nosso dinheiro pra construir….vai se fude esse dinheiro e nosso..vcs não tem que se mete..bando de safado……..espero que senhor presidenta bolsonaro não deixe chega nesse absurdo….de libera só 500 reais.. Barra isso ..porq se fo pra libera só essa Michael e.. então nem libera porq isso e um absurdo..com esse dinheiro de 500 reais malema da pra o povo paga suas contas….😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😡😠😠😠😠😡😡😡😡😡😡 que palhaçada

  3. Lamentável tá de brincadeiras pensa 500 reais para a melhora da economia não faz nem fumaça mas os empresários da construção civil que mudaram a cabeça do presidente eleições futuras

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*