Governo Federal institui ponto eletrônico para funcionários públicos

As mudanças visam facilitar a fiscalização do trabalho feito pelos servidores.

Foto: Divulgação

Funcionários públicos de todo o país serão obrigados a bater ponto eletrônico. Segundo reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, a medida vai atingir 410 mil funcionários dos 580 mil servidores do Executivo que trabalham para o governo federal.

O processo de implantação levará 12 meses e colocará fim em pontos ainda marcados no papel. Começa nesta 2ª feira para funcionários da AGU (Advocacia Geral da União), Ancine (Agência Nacional do Cinema) e UFT (Universidade Federal do Tocantins).

O controle dos horários poderá ser feito por computador, impressão digital ou 1 aplicativo, que confirmará o local por meio da geolocalização. As informações serão automaticamente transferidas para a folha de pagamento do governo federal.

As mudanças visam facilitar a fiscalização do trabalho feito pelos servidores. Os 146 mil professores de universidades públicas federais, funcionários com função comissionada (DAS) de número 4 a 6, e os de cargos de chefia do alto escalão do governo, como secretários, continuarão sem precisar bater ponto eletrônico.

15 Comentário

  1. Muito bom, com isso vou trabalhar menos. Existe uma diferença entre servidor público e funcionário público.
    Faço minhas 8h na instituição, mas faço acompanhamento e respondo até às 22h. Não mais.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*