Greve dos Servidores: após corte de pontos, Sindsec entra na Justiça contra prefeitura

A greve dos servidores foi iniciada em 28 de março.

Manifestação de servidores públicos na frente da prefeitura de Camaçari. Foto: Maíra Lima.
Manifestação de servidores públicos na frente da prefeitura de Camaçari. Foto: Maíra Lima.
Manifestação de servidores públicos na frente da prefeitura de Camaçari. Foto: Maíra Lima.

O sindicato dos servidores Públicos do Município de Camaçari (Sindsec) entrou com um mandado de segurança na Justiça contra o prefeito Ademar Delgado, em virtude do corte de pontos dos salários dos funcionários que estão em greve.

Em contato com o portal Bahia no Ar, o presidente do sindicato em exercício, Raimundo Rocha explicou que a greve da categoria é legal, visto que os 30%, que a lei determina que esteja em seus postos de serviço, está trabalhando normalmente. “Entramos na Justiça porque queremos a devolução do nosso salário”, disse.

O sindicalista explicou ainda, que além dos servidores parados, o salário de outros funcionários em situações especiais como em licença, licença-maternidade e férias, também vieram cortados.

Sobre a greve, o presidente explicou que enquanto não houver uma conciliação entre a administração municipal e a categoria, a greve vai continuar.

Vale lembrar que a greve dos servidores foi iniciada no dia 28 de março.

mandado de segurança do sindsec

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*