A abertura dos trabalhos legislativos na Câmara de Vereadores de Camaçari, na manhã desta terça-feira (20), é uma sessão particularmente especial, não apenas por ser a primeira do ano, mas por conta de quase todos os parlamentares estarem no centro de uma investigação do Ministério Público Estadual (MP-BA) que os aponta como integrantes de um esquema fraudulento que causou prejuízos aos cofres públicos do município.

Tanto que, na abertura da sessão de hoje, o tema do discurso do presidente da casa legislativa, Oziel (PSDB), foi, em resumo, mais uma apresentação de sua defesa. Na oportunidade, Oziel, para quem o MP-BA solicitou prisão preventiva, reafirmou que é inocente. “Quero parabenizar o Ministério Público, que fez e deve continuar fazendo esse trabalho de fiscalização. Quero registrar minha confiança na Justiça de Camaçari, na Justiça do país”, disse, demonstrando confiança.

A reportagem do portal Bahia no Ar acompanha a sessão e em breve divulgará novas informações. Veículos da imprensa local e da Bahia também acompanham, in loco, a abertura das atividades parlamentares em Camaçari na expectativa de coletar informações sobre as polêmicas denúncias que têm abalado a imagem dos vereadores de Camaçari.

Além da presença do prefeito de Camaçari, Antonio Elinaldo, secretários municipais também prestigiam a primeira sessão do ano de 2018.

0 0 voto
Article Rating