Homem é preso após manter companheira em cárcere privado por três meses

Vítima estava com um hematoma no olho esquerdo e afirmou que era violentada diversas vezes durante o cárcere.

Um homem que não teve o nome divulgado foi preso por suspeita de manter a companheira dele em cárcere privado por três meses, no município de Ipirá, no interior do estado.

Segundo informações do G1, o caso foi descoberto depois de uma denúncia da mãe da vítima à polícia.

O homem foi localizado dentro do imóvel do casal, no distrito de Bonfim de Ipirá, junto com a mulher e duas crianças, umas delas um bebê de seis meses, filho do casal.

Conforme a publicação, no momento do resgate, a vítima estava com um hematoma no olho esquerdo e afirmou que era violentada diversas vezes durante o cárcere, sempre que o homem consumia drogas.

Após o resgate, a mulher foi encaminhada para o serviço de assistência social do município e para o Instituto Médico Legal (IML). Já as crianças foram levadas para atendimento psicológico.

A polícia informou que o suspeito do crime foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia da cidade, onde permanece preso.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*