A polícia identificou o corpo da 257ª vítima do rompimento da barragem de Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG).  A informação foi confirmada na noite de segunda-feira, 02.

De acordo com o G1, a polícia informou que, a vítima é o funcionário da Vale, Max Elias de Medeiros, de 37 anos. A identificação foi feita por DNA. Seus segmentos chegaram ao instituto médico legal em 11 de novembro.

Até hoje (03), 257 pessoas já foram identificadas e 13 estão desaparecidas. A barragem I se rompeu no dia 25 de janeiro deste ano.

Ainda segundo a publicação do G1, o Corpo de Bombeiros disse que localizou três novos segmentos e um objeto pessoal na lama de Brumadinho nesta segunda-feira. Os fragmentos foram encaminhados para a Polícia Civil, onde serão analisados para saber se pertencem a uma nova vítima do rompimento da barragem.

0 0 voto
Article Rating