IFBA emite nota após anúncio de corte de verbas

Apesar do contingenciamento de verbas, a instituição garante que não há risco de fechamento em nenhum campus.

Após o Ministério da Educação (MEC) anunciar o corte de verbas para as instituições federais de ensino, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) emitiu uma nota sobre as medidas adotadas pela instituição para manter o funcionamento.

Segundo a nota, com o orçamento disponível para o ano em vigor a instituição funcionará dentro da normalidade até o mês de setembro. Vale lembrar que em entrevista para o BNA, a diretora pró-tempore do IFBA Campus Camaçari, Elisa Casaes, afirmou que o local só conseguiria honrar com suas despesas até o mês de junho.

O texto também ressalta que o contingenciamento de 30% calculado sobre o orçamento total do Instituto não garante condições adequadas de funcionamento, incidindo sobre as despesas de custeio (aquelas destinadas à manutenção, como fornecimento de água, energia elétrica e serviços de telefonia). Sendo assim, para a conclusão deste ano letivo, a rotina habitual de estudo e trabalho da comunidade interna (estudantes, professores, técnicos administrativos) será impactada com a redução de recursos para o consumo de água, energia elétrica, papel, copos descartáveis, reprografia e outros.

Outras reduções, já estão sendo implementadas com o intuito de manter o funcionamento dos campi.

Leia a nota na íntegra:

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) esclarece que tem realizado um levantamento das despesas de funcionamento da Reitoria e de suas unidades e ratifica a informação de que, com o orçamento disponível para o exercício 2019, a Instituição consegue garantir o seu funcionamento, dentro da normalidade, até o mês de setembro.

O contingenciamento de 30% calculado sobre o orçamento total do Instituto não garante condições adequadas de funcionamento, incidindo sobre as despesas de custeio (aquelas destinadas à manutenção, como fornecimento de água, energia elétrica e serviços de telefonia). Sendo assim, para a conclusão deste ano letivo, a rotina habitual de estudo e trabalho da comunidade interna (estudantes, professores, técnicos administrativos) será impactada com a redução de recursos para o consumo de água, energia elétrica, papel, copos descartáveis, reprografia e outros.

Outras reduções, que constam na nota publicada em 06 de maio, já estão sendo implementadas com o intuito de manter o funcionamento dos campi, ainda que de modo não ideal para um sistema educacional complexo, sólido, centenário e de amplo atendimento à comunidade baiana como o do IFBA. Cabe ressaltar, porém, que o recurso para a Assistência Estudantil não sofreu alteração.

Por fim, apesar do contingenciamento, o IFBA garante que não há riscos de fechamento de qualquer unidade e que os calendários acadêmicos estão acontecendo dentro da normalidade.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*