Ilha de Itaparica: mulher morre após passar mal dentro de ferry-boat

Na tarde da ultima sexta-feira(26), uma mulher que não teve a identidade e a idade divulgadas morreu após passar mal no ferry-boat Ana Nery, na cidade de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica.

De acordo com a Internacional Travessias, empresa que administra o sistema, a passageira teve mal-estar logo após a partida da embarcação, que tinha como destino Salvador. Ainda segundo a empresa, como o barco ainda estava próximo do Terminal de Bom Despacho, na Ilha de Itaparica, retornou.

Segundo informações do G1, dois médicos que viajavam no ferry prestaram primeiros socorros à passageira dentro da embarcação.

Em seguida, após desembarque, a mulher foi atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), no terminal, contudo, ela não resistiu.

15 Comentário

  1. Nunca teve um profissional de saúde e nenhuma estrutura para atender os usuários é uma vergonha isto mais uma pessoa morre e ninguém toma providência nenhuma o Ministério Público já deveria tomar providencias para que isto não acontecesse

  2. Esse tipo de coisa tá sendo recorrente, essa vítima deve ser a quarta ou quinta, só este ano. Isso já perdeu a graça, total desrespeito com o usuário, não só pela falta de profissional para prestar primeiros socorros, mas pela falta de compromisso com os horários, atrasos recorrentes que já se tornaram normais, e o pior, não tem pra quem reclamar, inúmeros moradores da ilha já perderam seus empregos em Salvador pelos recorrentes atrasos, sem falar que as empresas de Salvador já não contratam mais moradores da ilha por não poderem chegar no trabalho no horário. E diante de tanto prejuízo que esse sistema tem saudado para ilha de Itaparica, o governo se coloca apático, como se o problema não existisse. Na ponte ninguém mais toca no assunto, tudo isso em detrimento a uma empresa marcenaria que ver o usuário do sistema apenas como fonte da renda, sem se importar com o prejuízo que vem causando, inclusive de morte.

  3. Até hoje ñ se fala da ponte.Eles ñ querem comentários sobre a ponte pq sabem q vai deixar de faturar e vai acabar com o sofrimento do povo.

    Pior ainda são os nativos acharem q a marginalidade vai aumentar.A marginalidade já está instalada na ilha de Vera Cruz e ninguém faz nada.
    Vamos abrir os olhos p vermos q a ponte será a solução!!!.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*