Ilhéus: Ambulâncias do Samu estão quebradas e deixam de operar

A situação está causando transtornos à população.

Ambulância Samu
Atadura e cinta estão sendo utilizadas para fechar as portas dos veículos.

Quem precisa das Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Ilhéus, no sul da Bahia, passa por maus bocados. Isso porque os veículos estão quebrados, sucateados e com problemas nos freios.

De acordo com denúncias anônimas, nenhuma das quatro ambulâncias que atendem o local e outros sete municípios da região, está em operação, situação que tem causado transtornos à população que depende do serviço. Ainda de acordo com denuncias, a situação é tão crítica que atadura e cinta estão sendo utilizadas para fechar as portas dos veículos.

A Secretaria de Saúde de Ilhéus informou que o município deveria ter cinco ambulâncias funcionando, três básicas e duas avançadas, mas que na segunda-feira, só uma estava atendendo. “Nós encontramos essa gestão usando essas ambulâncias altamente sucateadas e impossibilitando o conserto. A gente precisa trocar a frota, que já tem mais de cinco anos. Estamos trabalhando na compra e manutenção da frota”, disse a secretária da pasta Elizângela Oliveira.

Com informações do G1 Bahia

Leia também:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*