No próximo domingo (13), em uma cerimônia presidida pelo Papa Francisco, no Vaticano, a beata Irmã Dulce será proclamada como santa e passa a ser conhecida como Santa Dulce dos Pobres. Entretanto, ainda no domingo, em Salvador – cidade de origem do Anjo Bom da Bahia, os conterrâneos, fiéis católicos e devotos da futura santa celebram a criação da Paróquia Santa Dulce dos Pobres, bem como do Santuário Santa Dulce dos Pobres. Os novos templos religiosos serão os primeiros do mundo dedicados à ela.

A Paróquia Santa Dulce dos Pobres ficará no bairro do Saboeiro e será formada por sete comunidades; a matriz paroquial será a atual Capela Santíssima Trindade, localizada na Rua Silveira Martins.

A criação da nova paróquia está marcada para às 7h30, do dia 13 de outubro, logo após a Missa de Canonização. Durante a Celebração Eucarística na nova Matriz, que presidida pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador, Dom Estevam dos Santos Silva Filho, também haverá a leitura do Decreto.

Santuário Santa Dulce dos Pobres, localizado no Largo de Roma. (Foto: Reprodução / Adriana Oliveira – TV Bahia)

Já o Santuário Santa Dulce dos Pobres, que também será criado no próximo domingo (13), às 7h30, está localizado no Largo de Roma. O templo, que era dedicado à Imaculada Conceição da Mãe de Deus, abriga restos mortais da futura santa.

Durante a Missa, que será presidida pelo bispo auxiliar Dom Marco Eugênio Galrão Leite de Almeida, também será feita a leitura do Decreto de Criação.

0 0 voto
Article Rating