Irmãos na política: Neco diz que Edson Almeida escolheu lado errado e que não vai apoiá-lo em possível candidatura

Neco diz que permanecerá ao lado do prefeito Dinha

"Somos irmãos, e tenho certeza que ele sente o mesmo que eu sinto, só que eu escolhi um lado e ele escolheu outro", disse vereador Neco

O vereador de Simões Filho, Neco (PSD), afirmou em entrevista no programa Bahia no Ar, na tarde desta segunda-feira(22) que o irmão Edson Almeida (PT), ex-prefeito de Simões Filho escolheu o lado errado da política e que não terá seu apoio nas próximas eleições para prefeito, caso venha ser candidato. Contudo, o edil lembrou que Edson está com seus direitos políticos suspensos por oito anos, por condenação de improbidade administrativa, e que não poderá disputar o pleito.

“Somos irmãos, e tenho certeza que ele sente o mesmo que eu sinto, só que eu escolhi um lado e ele escolheu outro. Eu escolhi um lado que tem demostrado que Simões Filho irá avançar, que ta avançando. Se ele fez a mesma avaliação que eu, não sei, mas a minha avaliação hoje é positiva e a cidade corresponde”, disse o vereador quando questionado se o posicionamento político interferia na relação familiar.

Na ocasião Neco disse que estava ali firmando um compromisso com os ouvintes de Simões Filho e Região Metropolitana, que não mudaria de lado para apoiar o irmão.  “Escolhi um lado, eu tenho posição e a minha hoje é ao lado do prefeito Diógenes Tolentino de Oliveira”, reafirmou.

O vereador, que está em uma legenda que faz oposição ao prefeito Dinha, afirmou que não teme ser expulso do PSD, pois escolheu o que há de melhor pelo município. ” Se o partido vier a me expulsar, paciência. Abre-se uma janela para que eu possa me filiar a outro”, disse.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*