Na tarde desta terça-feira, 05, o secretário de Educação de Salvador, Bruno Barral, foi o entrevistado do programa Bahia No Ar, apresentado, pelo radialista Roque Santos.

Na ocasião, Barral que teve seu nome envolvido em uma grande polêmica na última semana, chegando a ser chamado de “bandido”, “corrupto” e “malandro”, pelo ex-vereador Mateus Reis (PSDB ) lamentou a situação, disse que até o momento não entendeu a fala do ex-edil e completou que o comportamento de Mateus demonstra uma total insegurança.

” É lamentável esse tipo de postura, isso demonstra uma total insegurança, eu não entendi até o momento o porque desse disparo gratuito”, disse,

Também chamado de “forasteiro” por Mateus, tendo em vista que trabalha na capital baiana, Barral disse que o ex-vereador é desinformado, pois morou por muitos anos em Lauro de Freitas, tem raízes e muitos amigos na cidade e  revelou que mantém seu domicilio eleitoral até hoje no município.

No último dia , 26, Mateus Reis, cotado como possível candidato a vice-prefeito de Lauro de Freitas, na chapa encabeçada pelo empresário Teobaldo, detonou Barral que é secretário da campanha em um grupo de WhatsApp.

Nas mensagens Mateus afirmou que Teobaldo representa o novo e enfatizou que continua do lado do empresário, porém chamou Barral de “bandido”, “corrupto”, “malandro”, entre outros adjetivos.

Nas mensagens Mateus disse ainda,” que não irá permitir qualquer passo errado” e que estará fora, caso isso ocorra. Nos bastidores da política na cidade, comenta-se que as atitudes de Mateus, são motivadas por ciúmes e pelo medo de perder a vaga de vice para Barral, considerando que o nome do secretário já foi ventilado como candidato em outros momentos no município.

Sobre as acusações, Barral disse Mateus vai responder Conselho Ética do partido e na Justiça comum.

 

0 0 voto
Article Rating