O jogador Paulo Miranda utilizou suas redes sociais no sábado (1) para contar que teve sua coleção de quase 200 camisas de times furtada em São Paulo. Atualmente sem clube, ele já jogou pelo Bahia de modo emprestado, em 2011.

“Pior é você chegar em casa e ir pegar suas camisas de clubes, que você guarda com carinho, e descobrir que foi roubado. Vou atrás. Fica a dica”, ele escreveu em seus stories.

O zagueiro-volante estava aproveitando as férias com a família quando constatou o fato. A coleção subtraída mostra um pouco de sua trajetória no futebol.

São camisas que Paulo usou durante seus mais de dez anos de carreira, com passagens pelo São Paulo, Red Bull Salzburg e Grêmio, equipe que defendeu em campo nas últimas quatro temporadas.

Liberado pelo Tricolor Gaúcho em dezembro, Paulo Miranda já teve consulta com o Juventude, que demonstrou interesse em contratá-lo para a temporada de 2022, mas considerou seu salário alto, segundo informa o Ge.

0 0 votos
Article Rating