Jovem morre após levar tiros durante carreata pró-Haddad; candidato pede apuração do caso

Haddad se pronunciou sobre o ocorrido

Um jovem morreu neste sábado (27), após ser vítima de tiros durante uma carreata a favor do candidato à Presidência pelo PT, Fernando Haddad.

O crime ocorreu na cidade de Pacajús, região metropolitana de Fortaleza, no Ceará. Charlione Lessa Albuquerque, de 23 anos, estava dentro de um carro quando os suspeitos se aproximaram em uma moto, efetuando os disparos e se retirando logo em seguida.

A vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal de Pacajús, falecendo no local.

A assessoria de imprensa do PT no Ceará informou que foi notificada sobre a morte, mas não conseguiu confirmar se os disparos foram efetuados por um apoiador do candidato Jair Bolsonaro (PSL), ou se havia outra motivação.

Em sua conta no Instagram Fernando Haddad se pronunciou sobre o ocorrido:

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*