Waldir Freitas, secretário de Desenvolvimento Econômico de Camaçari, revelou que até esta sexta-feira (27), o presidente da Câmara de Camaçari, Júnior Borges (UB) deve acabar com as incertezas que o cercam e revelar quem será seu candidato a deputado federal.

Após a desistência de Geraldo Júnior (MDB) à Câmara Federal para sair como pré-candidato a governador na chapa de Jerônimo Rodrigues (PT), o presidente não declarou voto para nenhum outro postulante.

“Eu acho que Júnior Borges até sexta-feira vai dizer isso (quem ele apoia). Ele já decidiu, mas ele que tem que chegar aqui e colocar para você. Ele, Júnior Borges teve ontem (24) na reunião com ACM Neto, conversaram muito e tomaram a decisão. Então, a decisão tá na cabeça dele, junto com Elinaldo”, disse.

Waldir ainda disparou que Júnior reconheceu esses erros e suas falhas cometidas, desde que assumiu a presidência da casa legislativa, chegando a ser convidado pelo governador Rui Costa (PT), para “mudar de lado”.

“Eu acho que ele começou fazendo um trabalho importante na Câmara e subiu de forma muito rápida nesse processo. Mas, aí chegou um determinado momento em que ele devia ter tido outra estratégia no processo. Mas, o mais importante é que Júnior Borges reconheceu que errou e teve falhas. O mais importante de tudo ainda é que ele disse que haja o que houver, ele não se separa de Elinaldo”, afirmou Waldir Freitas.

VEJA A ENTREVISTA COMPLETA 

0 0 votos
Article Rating