Justiça decreta prisão de suspeito de matar ator e os pais dele

Rafael Miguel

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) decretou nesta terça-feira, 11, a prisão temporária do comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, suspeito de matar a tiros o ator Rafael Henrique Miguel, de 22, e os pais dele, João Alcisio Miguel, de 52, e Miriam Selma Miguel, de 50. O crime aconteceu neste domingo, 9, e desde então Matias está foragido.

A decisão é assinada pela juíza Débora Faitarone, do 1º Tribunal do Júri de São Paulo. Na terça, agentes da Polícia Civil fizeram buscas no bairro do Jardim Pedreira, na zona sul de São Paulo, região onde o crime aconteceu, para tentar localizar o comerciante.

O caso é investigado pelo 98.º Distrito Policial (Jardim Miriam). Matias deve responder por três homicídios qualificados, por motivo torpe. Ele já tinha passagem pela polícia por furto, roubo, agressão e ameaça.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*