Lauro de Freitas permanece sem Departamento de Defesa Civil; Chuvas causam temor a população

Carro quase submerso na Itinga.

Imagens Parque Santa Rita, na Itinga. Crédito da imagem Anderson Melo
Imagens Parque Santa Rita, na Itinga. Crédito da imagem Anderson Melo

O final de semana foi de céu fechado e chuvas prolongadas em Salvador e Região Metropolitana. Em Lauro de Freitas, a população que precisou de orientação do Departamento de Defesa Civil (DC), ficou sem atendimento. O setor segue fechado desde a semana passada, quando o prefeito Márcio Paiva (PP), exonerou todos os funcionários e suspendeu as atividades.

Carro quase submerso na Itinga.
Carro quase submerso na Itinga.

A cidade, que tem longo histórico de problemas com alagamentos e enchentes, sofreu mais uma vez. Em apenas 24 horas o centro de Lauro de Freitas mostrou que a situação está longe de ser solucionada. Bairros como Itinga e Portão também foram inundados. “Antes nos sabíamos onde buscar ajuda, mas agora com a DC fechada, não sei o que fazer”, disse o vendedor ambulante César Silva de Jesus, morador de Portão há 12 anos.

Estrada do Coco
Estrada do Coco

Nesta segunda-feira (21), o céu amanheceu com poucas nuvens na cidade, a temperatura máxima pode chegar a 28 ° e a mínima 23°. O alerta de chuvas permanece. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia o tempo permanecerá instável até o próximo final de semana.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*