Lewis Hamilton fica em 1º no GP da Turquia

O vencedor do GP da Turquia, deste domingo (30), foi O inglês Lewis Hamilton que ficou com a vitória depois que os companheiros de equipe da RBR, Sebastian Vettel e Mark Webber bateram os carros após ultrapassagem.

Webber (1º), Vettel (2º), Halminton (3º), e Button (4º) essas eram as posições quando na 38ª volta Vettel decidiu atacar o companheiro de equipe.

Após duas voltas de pressão, o alemão tentou a manobra no fim da 40ª volta.

O australiano defendeu, mas o colega de RBR jogou seu carro para o lado de dentro provocando uma batida.

Hamilton e Button, que vinham logo atrás, se deram bem e ficaram com as duas posições.

Depois disso, Hamilton só teve apenas que se defender do ataque de Button.

Webber, que voltou à pista e teve de fazer um pit stop extra para trocar a asa dianteira, ainda conseguiu a terceira posição da corrida.

Já Vettel abandonou a corrida no momento da batida.

Irritado, o alemão saiu do carro fazendo gestos de que o colega de equipe era maluco e chegou aos boxes se negando a dar entrevistas.

Felipe Massa, que largou em oitavo, também lucrou com a confusão das RBRs e chegou em sétimo, uma posição à frente do companheiro Fernando Alonso.

O espanhol saiu em 12º e ganhou posições nos boxes.