Livro conhecido como ‘Bíblia dos Psicopatas’ foi achado em imóvel de miliciano morto na Bahia

Foto: Divulgação

O livro ‘As 48 Leis do Poder’, também conhecido como a “Bíblia dos Psicopatas”, de autoria do escritor estadunidense Robert Greene, foi encontrado entre os pertences do ex-policial Adriano Magalhães da Nóbrega, de 43 anos; ele foi morto durante uma operação policial, no domingo (9), em Esplanada, Litoral Norte.

Segundo informações do Correio, que teve acesso ao imóvel onde o miliciano foi morto, também foram encontrados remédios, suplementos alimentares, pães e uma garrafa térmica.

Foto: Reprodução / Marina Silva – CORREIO

Adriano era ex-tenente do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) do Rio de Janeiro, corporação em que passou a fazer parte em 1996. No entanto, era apontado como o chefe de uma das maiores milícias cariocas. Ele estava foragido desde o ano passado, quando foi um dos alvos da Operação Intocáveis, deflagrada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.

Sobre o livro

O próprio autor, Robert Greene, define o livro como um “manual das artes da dissimulação”. Orientações como ‘aprenda a usar os inimigos’; ‘faça com que os outros trabalhem por você’; e ‘jogue com a necessidade que as pessoas têm de acreditar em alguma coisa para criar um séquito de devotos’, fazem parte das “leis” evidenciadas na obra.

Segundo a editora Rocco, responsável pela publicação do livro no Brasil, a obra é o segunda mais popular entre os de autoajuda. Duas décadas depois de ser lançado no país, está entre os 10 mais vendidos da editora.

Veja quais são as 48 leis do poder que aparecem no livro de Robert Greene:

1 – Não ofusque o brilho do mestre

2 – Não confie demais nos amigos. Aprenda a usar os inimigos

3 – Oculte suas intenções

4 – Diga menos do que o necessário

5 – Muito depende da reputação – dê a própria vida para defendê-la

6 – Chame a atenção a qualquer preço

7 – Faça com que os outros trabalhem por você mas sempre fique com o crédito

8 – Faça as pessoas virem até você – use uma isca, se for preciso

9 – Vença por suas próprias atitudes. Não discuta

10 – Contágio: evite o infeliz e azarado

11 – Aprenda a manter as pessoas dependentes de você

12 – Use a honestidade e a generosidade seletivas para desarmar sua vítima

13 – Ao pedir ajuda, apele para o egoísmo das pessoas, jamais para sua misericórdia ou gratidão

14 – Banque o amigo. Aja como espião

15 – Aniquile totalmente o inimigo

16 – Use a ausência para aumentar o respeito e a honra

17 – Mantenha os outros em estado latente de terror: cultive uma atmosfera de imprevisibilidade

18 – Não construa fortalezas para se proteger – o isolamento é perigoso

19 – Saiba com quem está lidando – Não ofenda a pessoal errada

20 – Não se comprometa com ninguém

21 – Faça-se de otário para pegar os otários – pareça mais bobo do que o normal

22 – Use a tática da rendição: transforme a fraqueza em poder

23 – Concentre as suas forças

24 – Represente o cortesão perfeito

25 – Recrie-se

26 – Mantenha as mãos limpas

27 – Jogue com a necessidade que as pessoas têm de acreditar em alguma coisa para criar um séquito de devotos

28 – Seja ousado

29 – Planeje até o fim

30 – Faça as suas conquistas parecerem fáceis

31 – Controle as opções: quem dá as cartas é você

32 – Desperte a fantasia das pessoas

33 – Descubra o ponto fraco de cada um

34 – Seja aristocrático ao seu próprio modo: aja como um rei para ser tratado como tal

35 – Domine a arte de saber o tempo certo

36 – Despreze o que não puder ter: ignorar é a melhor vingança

37 – Crie espetáculos atraentes

38 – Pense como quiser, mas comporte-se como os outros

39 – Agite as águas para atrair os peixes

40 – Despreze o que vier de graça

41 – Evite seguir as pegadas de um grande homem

42 – Ataque o pastor e as ovelhas se dispersam

43 – Conquiste corações e mente

44 – Desarme e enfureça com efeito espelho

45 – Pregue a necessidade de mudança, mas não mude muita coisa ao mesmo tempo.

46 – Não pareça perfeito demais

47 – Não ultrapasse a meta estabelecida; na vitória, aprenda a parar

48 – Evite ter uma forma definida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*