Lula afirma que o PT precisa possuir candidaturas próprias no maior número de cidades brasileiras

Foto: Reprodução

Entre esta sexta-feira (22) e o domingo (24), o Partido dos Trabalhadores (PT) irá discutir alianças para as eleições municipais de 2020, em oposição ao governo Jair Bolsonaro. O evento faz parte do 7° Congresso Nacional, em São Paulo.

Durante participação na reunião do diretório nacional do PT, que ocorreu ontem (21), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), destacou que existe a necessidade da sigla possuir candidaturas próprias no maior número de cidades brasileiras.

Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, a estratégia do petista é utilizar as campanhas do partido e o tempo de TV, durante as eleições municipais, para fazer a defesa da sigla, do seu legado e dele próprio em meio aos processos da Lava Jato.

Durante a reunião o deputado Paulo Teixeira (SP) ressaltou que, em sua visão, o PT precisa ser redemocratizado para voltar a alcançar as maiorias. Conforme Paulo, é necessário “ir para junto do povo, da classe trabalhadora”.

Teixeira, inclusive, é um dos concorrentes à presidência do partido. No entanto, a candidata da CNB, Gleise Hoffmann, apoiada por Lula, já é dada como vencedora.

Para Gleise, a prioridade neste momento é “fazer a mais firme oposição ao governo Bolsonaro”. Ela afirma que a gestão do presidente “está destruindo o país”. Hoffmann também acrescentou que é necessário “apresentar propostas para superar a grave crise que faz o povo sofrer e fortalecer o partido nas eleições municipais”.

13 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*