Mais de 2 mil adolescentes são apreendidos no 1º semestre na Bahia

Foto: Alberto Maraux/Divulgação

Tráfico de drogas é o crime mais cometido por adolescentes apreendidos na Bahia, no primeiro semestre de 2019. De janeiro a junho deste ano, 2.401 adolescentes foram encaminhados para a Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), em Salvador, e também para outras unidades da Polícia Civil na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e no interior, após cometerem atos infracionais, como são nomeadas as ações ilícitas quando cometidas por quem é menor de 18 anos. Destes, 300 foram encaminhados para Comunidades de Atendimento Socioeducativas.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), adolescentes de 16 e 17 anos são os mais reincidentes acusados por tráfico de drogas, roubo, ameaça, lesão corporal e roubo a coletivo. Ainda a SSP-BA, na maioria dos casos, os menores são flagrados com armas e drogas.

Com o objetivo de mudar este quadro, comum em todo o país, há nove anos, as Bases Comunitárias de Segurança (BCS) da Polícia Militar buscam melhorar a realidade social, oferecer atividades de lazer e capacitação, além da conscientização de jovens, em áreas carentes, através de projetos culturais focados em educação, esporte e lazer. As unidades estão presentes em bairros de Salvador, Região Metropolitana e interior do estado.

3 Comentário

  1. Vocês acabaram com as escolas por isso, i outras coisas mais 60% culpa culpa dos políticos , 40 % falta de educação dos filhos ou alguns que são safados mesmo, tem instinto ruim de ladrões i de gente ruim , pobres adoram isso fama negativa.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*