Mais de 3 mil empregos foram gerados em agosto na Bahia, segundo Caged

As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Foto: Divulgação

A Bahia criou 3.392 postos de trabalho com carteira assinada em agosto de 2019, resultado decorrente da diferença entre 54.178 admissões e 50.786 desligamentos. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O resultado positivo ocorre pelo terceiro ano consecutivo e mantém a Bahia na liderança do Nordeste na geração de empregos formais, com 32.587 novos postos de trabalho nos oito primeiros meses do ano, com destaque para a construção civil, impactada pelas ações do governo estadual.

Setorialmente, em agosto, cinco segmentos contabilizaram saldos positivos: Construção Civil (+2.053 postos), Serviços (+1.002 postos), Indústria de Transformação (+833 postos), Comércio (+378 postos) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (+132 postos).

Este resultado fez com que a Bahia ocupasse a sexta posição no país em geração de empregos no acumulado dos oito primeiros meses do ano.

Analisando-se os dados referentes aos saldos de empregos distribuídos no estado em agosto de 2019, constata-se ganho de emprego na Região Metropolitana de Salvador e no interior. Na RMS foram criados 1.857 postos de trabalho em agosto, enquanto no interior foram geradas 1.535 posições celetistas.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*