Mais de 50 mil candidatos com deficiência terão atendimento especial no Enem

Foto: Divulgação

Neste ano o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) contará com a participação de 50 mil inscritos que declararam necessidades especiais no momento da inscrição. Eles terão direito a atendimento especializado. O número é equivalente a 1% dos 5,1 milhões de inscritos. As provas do Enem 2019 serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro.

No total, são oferecidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC), cerca de 15 recursos para que as pessoas com deficiência realizem as provas com comodidade. Como exemplo, estão: apoio para pernas e pés; mesa para usuários de cadeira de rodas; salas de fácil acesso e prova impressa em braile.

Os candidatos que apresentaram laudo, declaração ou parecer que comprove a necessidade de tempo adicional poderão dispor de um acréscimo de 60 minutos para execução das provas.

O Inep também confirmou a inscrição de 5.277 pessoas que terão atendimento específico. Entre elas, estão pessoas em situação hospitalar, gestantes, lactantes e idosos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*