Mancini crítica arbitragem, explica modificações e faz sigilo sobre contratações

O Leão ocupa a 15ª posição, com 12 pontos, mas pode cair na tabela com o complemento da rodada

A noite dos namorados, não foi só love para o Vitória. O time voltou a jogar mal e perdeu por 3 a 0 para o São Paulo, Morumbi. A equipe rubro-negra voltou à apresentar falhas técnicas e falta de qualidade em seu elenco.  O Leão ainda teve contra si, a lambança do árbitro Igor Benevenuto, que acabou influenciando diretamente no revés.

Após a partida, o técnico criticou o árbitro Igor Junio Benevenuto de Oliveira, que

O árbitro expulsou de maneira equivocada o meia Yago ainda no primeiro tempo, em lance envolvendo Nenê, do São Paulo. Após a partida, o técnico criticou o árbitro Igor Junio Benevenuto de Oliveira.

“Eu não vou falar nada [sobre arbitragem]. Todo mundo viu. Estou curioso para ver o que ele vai escrever na súmula. Tivemos alguns lances parecidos, até do Arboleda com Neilton, Diego [Souza] com um zagueiro nosso, que não lembro se Ramon ou Bruno. Até o lance da expulsão, o Vitória vinha muito bem, podia ter saído na frente. Mesmo depois, tivemos uma oportunidade. Levamos o segundo. O X da questão foi o aspecto emocional. Vi muita revolta, e nós perdemos o lado emocional, e em seguida levamos o segundo. No intervalo, acalmei os atletas, porque sabia que tinha mais um tempo. O Vitória faria um jogo equilibrado, mesmo diante de todas as dificuldades. A partir da expulsão, vimos outra partida”, afirmou.

Para Mancini, além da diferença quantitativa o Vitória perdeu muito na parte emocional

“Desconstruiu a proposta de jogo aliado à parte emocional. Os próprios atletas do São Paulo disseram que não foi nada. Temos que focar no que foi o jogo. Vitória iniciou muito bem, o São Paulo não nos pressionava. Teve o lance do Nenê, que é o gol de um atleta que é acima da média. Após a expulsão, o Vitória teve muita dificuldade até se ajustar. Voltou e tomou o terceiro, o que poderia ser uma ducha que esfriasse os ânimos de uma equipe que queria fazer o primeiro gol. Mesmo assim, equilibrou bem a partida. De uma maneira geral, temos que falar do início do jogo, que foi a igualdade do jogo. A gente lamenta ter tomado os dois gols”.

Mancini também explicou porque sacou André Lima e colocou Lucas Fernandes.

“Pensei na parte física. André não consegue fazer grandes deslocamentos em alta velocidade. Se tenho dez e um com dificuldade, na verdade tenho nove, então vou ter dificuldade para me recompor”.

Para finalizar, o técnico falou da cobrança da torcida por novos reforços.

“Torcedor, a gente entende essa angústia, porque quer ver o time ganhando, mas peço que todos entendam que não pode ficar divulgando nomes, porque outras equipes com aporte maior podem fazer propostas. Essa busca não pode ser aberta, senão você chama atenção dos outros. Muitos contatos foram feitos. Posso afirmar que essa diretoria, com a chegada do Jorge também, muita coisa está sendo adiantada. Agora fica difícil falar o setor, porque a gente pode entregar uma senha de banco que certamente vai nos prejudicar”.

O Leão ocupa a 15ª posição, com 12 pontos, mas pode cair na tabela com o complemento da rodada.

Leia também:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*