Marinha confirma chegada de manchas de óleo em Praia do Forte

Foto: Ascom/PMC

Conforme informações atualizadas pela Marinha na tarde desta terça-feira (8), a mancha de óleo que tem atingido o litoral nordestino chegou na região de Praia do Forte, situada no município de Mata de São João, aumentando assim para cinco o número de cidades baianas contaminadas com as manchas ainda de origem desconhecida.

Agora, além de Mata de São João, as cidades atingidas pelo óleo são: Jandaíra, Conde, Esplanada e Entre Rios. Em Jandaíra, município que registrou a primeira ocorrência da mancha no estado, existem dois pontos de contaminação: as praias de Mangue Seco e Coqueiro. Em Conde, esse número fica maior, três pontos: Siribinha, Sítio do Conde e Barra de Itariri. Já nas outras duas cidades (Esplanada e Entre Rios), cada uma apresenta um ponto de contaminação. Ao todo, na Bahia, até o momento, são sete praias afetadas.

Segundo informações do Projeto Tamar, responsável pela preservação de espécies marinhas em extinção, três tartarugas foram encontradas na praia de Mangue Seco, em Jandaíra. Elas estavam contaminadas pela substância. Os animais foram levados para a cidade de Aracaju, onde uma das tartarugas morreu na segunda-feira (7) e outras duas seguem em observação.

Em todo o Nordeste mais de 130 praias já foram afetadas pelo problema. Atualmente, há registro em todos os nove estados da região. A Bahia foi o último a ser atingido.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*