Médico do Planalto constatou uma obstrução urológica no presidente Temer

A nota divulgada pelo Planalto foi lida no plenário da Câmara, onde os deputados estão reunidos para votação da segunda denúncia contra o peemedebista

temer
Fora da agenda, Temer discute aumento salarial com ministros do STF

De acordo com nota oficial divulgada pela Secretaria de Comunicação da Presidência, “Temer teve um desconforto no fim da manhã de hoje (quarta) e foi consultado no próprio departamento médico do Palácio do Planalto. O médico de plantão constatou uma obstrução urológica e recomendou que fosse avaliado no Hospital do Exército, onde se encontra para realização de exame e devido tratamento”.

A nota divulgada pelo Planalto foi lida no plenário da Câmara, onde os deputados estão reunidos para votação da segunda denúncia contra o peemedebista. Até o momento, o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM) não se pronunciou sobre o mal-estar do presidente e se isso pode impactar na sessão no plenário.

Não há previsão de alta. No início do mês de outubro, foi diagnosticada uma obstrução parcial de uma artéria coronária do presidente.

Leia também:

Michel Temer é levado às pressas para hospital em Brasília após passar mal

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*