Médicos querem pedir que Justiça prorrogue internação de João de Deus

O Instituto de Neurologia de Goiânia anunciou nesta sexta-feira, 19, que vai solicitar a prorrogação do período de internação de João Teixeira de Faria, o João de Deus, réu por violação sexual e estupro de vulnerável. O hospital alega que o médium está com “um quadro de pneumonia e em tratamento” e “necessita continuar internado”.

Segundo nota divulgada pela instituição, o cardiologista Alberto Las Casas Júnior e o psiquiatra Leo de Sousa Machado enviarão uma solicitação à Justiça para que João de Deus permaneça internado até ter “condições clínicas de deixar o hospital” e “sem previsão de alta hospitalar”. O pedido deve ser encaminhado após o feriado, na segunda-feira, 22.

O comunicado diz ainda que o médium está em tratamento de pneumonia, com a previsão de usar antibiótico venoso por mais cinco dias. “As visitas a João Teixeira de Faria, inclusive de advogados, continuam seguindo as normas do Núcleo de Custódia”, diz nota do instituto.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*