Menor acusado de matar pró-reitor do Ifba confessa o crime

De acordo com a polícia, o garoto, que era procurado desde a semana passada

O menor de 17 anos suspeito de matar o professor Anilson Roberto Cerqueira Gomes, de 45 anos, em Salvador, se entregou à polícia e confessou o crime, na tarde desta terça-feira (21). A informação foi divulgada pela Polícia Civil.

Anilson Roberto era pró-reitor de Desenvolvimento Institucional e Infraestrutura do Instituto Federal da Bahia (Ifba).

A vítima foi morta a facadas dentro do apartamento onde morava, no bairro de Brotas, na última segunda-feira (13). Imagens do circuito interno do prédio flagraram o adolescente entrando no local com o professor e, em seguida, saindo com o carro dele.

De acordo com a polícia, o garoto, que era procurado desde a semana passada, se apresentou, com um advogado, na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro da Pituba. Em seguida, ele foi levado para a Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), em Brotas, para prestar depoimento.

Segundo a polícia, a unidade especializada já solicitou à Justiça a internação provisória do adolescente. O carro da vítima ainda não foi localizado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*