Menor apreendido confessa estupro e morte da garota de 10 anos em Camaçari

Os policiais avistaram um veículo em atitude suspeita em Mata de São João

Na noite desta sábado (19) o menor J.S.S, de 17 anos, foi apreendido durante ronda policial no município de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O menor confessou aos PM’s ter sido o autor do estupro seguido de morte da garota de 10 anos, que estava dentro de casa, no bairro da Gleba A, em Camaçari.

Os policiais avistaram um veículo em atitude suspeita de placa, JSJ-4268 de Dias D’Ávila, modelo gol , cor preta. Ao ser abordado, o menor disse ter sido o autor do homicídio, conforme anunciado nas redes sociais.

Durante abordagem um casal que estava dentro do veículo afirmou ser os pais do autor do homicídio. Ao serem questionados sobre o motivo do nervosismo, os mesmos alegaram está temerosos na apresentação por livre espontânea vontade.

O comandante da operação conduziu os três para Delegacia Territorial do município para adoção das medidas cabíveis.

Leia Mais

Camaçari: homem mata criança esganada no bairro Gleba A

Corpo da menina Milena será sepultado no Cemitério Jardim da Eternidade em Camaçari

Abrace Camaçari emite nota de repúdio sobre o ato covarde contra menor na Gleba A

Emoção marca sepultamento da menina de 10 anos assassinada em Camaçari

14 Comentário

  1. Como pode uma pessoa destruir vidas desse jeito? O que será que passa na cabeça de um animal desses….mostra a cara de canalha, a sociedade precisa saber quem é a pessoa que esteve solta maquinando maldades para destruir famílias….covarde, crápula, não tem nomes que caracterize esse animal! Lamentável!!!

  2. Como pode tamanha brutalidade e esse codigo penal arcaico e caduco pode proteger esse animal por se menor.Cade os infeliz que fazem leis em brasilia para enverter essas leis, acorda deputados e senadores os brasileiros clamam por justiça.

  3. Bom dia
    Infelizmente esse menor defendido pelo ECA, em breve estará em liberdade por causa de ser somente ato infracional. Enquanto a jovem que teria um futuro, teve sua vida ceifada e não retornará mais para os seus familiares. Redução penal já.

  4. Concordo com alguém que disse ser um animal, como pode um ser que se diz Humano fazer tanta maldade com uma criança indefesa chegando ao cúmulo de ceifar a vida, e o pior será protegido pela justiça por menor e a vítima não era menor também?

  5. Quando soube da noticia me veio tanto repúdio, me senti tão mal, não gostaria de esta na pele desses pais. Esse monstro merecia ser capado, pagar muito caro por tirar a vida de uma criança indefesa. Justiça seja feita.

  6. Se aqui no Brasil colocasse a lei de cadeira elétrica nenhum desses filhos de uma puta iriam fazer nada,nem roubar nem estruprar e nem matar,pois tem que pegar ele é dar uma surra de arame farpado e depois de cansanção.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*