Ministério da Economia anuncia corte de gastos; a previsão é economizar cerca de R$ 366 milhões

Foto: Reprodução / Geraldo Magela - Agência Senado

Na quinta-feira (22) o Ministério da Economia publicou uma portaria com medidas de racionalização de gastos e redução de despesas na pasta, em autarquias e fundações vinculadas. As medidas visam economizar, aproximadamente, R$ 366 milhões com a suspensão e a redução de despesas.

Entretanto, o ministério assegura que apesar da redução no investimento, serão preservados os serviços de fiscalização e arrecadação, bem como da folha de pagamento dos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

As suspensões serão destinadas às contratações de serviços de consultoria; treinamento e capacitação de servidores; mão de obra terceirizada; aquisição de bens e mobiliário; obras; diárias e passagens internacionais; insumos e máquinas de café; e serviços de telefonia móvel e pacotes de dados.

A redução de contratos vigentes de locação de imóveis, de veículos e máquinas e equipamentos também foram determinou pelo ministério.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*