Ministério da Saúde anuncia fim do surto de febre amarela no país

A expectativa, então, é que no próximo verão não haja surto.

O Ministério da Saúde anunciou, nesta quarta-feira, 06, o fim do surto da febre amarela no país. De acordo com a pasta, são 777 casos e 261 mortes no período de dezembro de 2016 e agosto de 2017.

Neste período, 2.270 casos foram descartados e 213 ainda estão em investigação. No entanto, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirma que ainda é necessário ampliar cobertura vacinal em muitos estados, por isso o governo vai expandir a cobertura para crianças de nove meses em todo o país.

O Brasil adota o esquema de apenas uma dose da vacina durante toda a vida, de acordo com recomendações da Organização Mundial da Saúde.

Sintomas

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus, que pode levar o indivíduo infectado à morte em cerca de uma semana, se não for tratada rapidamente. Os sinais e sintomas mais comuns da doença são: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos que duram, em média, três dias. Nas formas mais graves da doença, podem ocorrer icterícia, insuficiências hepática e renal, manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados e não há transmissão direta de uma pessoa infectada para outra pessoa.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*