MP-BA se posiciona sobre denúncia contra o promotor Everardo Yunes e sua esposa

Ministério Público do Estado da Bahia. (Foto: Reprodução)

Na tarde desta quinta-feira (21), o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) emitiu uma nota ao Bahia No Ar, após veiculação exclusiva, no programa Bahia No Ar em sua primeira edição transmito pela Rádio Sucesso (93.1) e apresentado pelo radialista Roque Santos, de uma denúncia de extorsão contra o Promotor de Justiça Everardo Yunes, que atua na comarca da cidade de Camaçari, e sua esposa a advogada Fernanda Yunes. A denunciante foi a empresária camaçariense, Adriana Almeida Anunciação da Cunha. RELEMBRE AQUI.

De acordo com o comunicado emitido pelo MP-BA, após tomar conhecimento da denúncia, o órgão disse que “as informações serão imediatamente apuradas nos âmbitos da Corregedoria-Geral do Ministério Público e da Procuradoria-Geral de Justiça da Bahia”, escreveu. “A instituição reafirma que não coaduna com qualquer prática ilegal de quem quer que seja e que, portanto, a apuração para esclarecimento dos fatos será absolutamente criteriosa e célere”, acrescentou.

A empresária Adriana Almeida Anunciação da Cunha disse ter enviado complemento da denúncia com toda documentação para o Presidente do Conselho Nacional do Ministério Público, Augusto Aras, que também é Presidente da Procuradoria Geral da União (PGR).

Ainda de acordo com informações obtidas com exclusividade pelo Bahia No Ar, o juiz da 1ª Vara Crime de Camaçari, Ricardo Medeiros, também comunicou a denúncia que a empresária já tinha feito em sala de audiência ao Conselho Nacional do Ministério Público.

Segundo o MP-BA, “o Ministério Público baiano, colaborará com eventuais apurações do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), para onde o juiz da 1ª Vara Crime de Camaçari encaminhou a representação recebida”.

Veja a nota do MP-BA na íntegra:

Nota emitida ao BNA pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA).

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*