O youtuber de games Raulino de Oliveira Maciel, mais conhecido como Raulzito, teve prisão preventiva pedida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), na segunda-feira (23). O órgão denunciou Raulino por ter supostamente estuprado duas crianças.

Os crimes teriam ocorrido entre os meses de fevereiro e maio de 2021. A denúncia aponta que as vítimas, de 10 e 11 anos de idade, foram abusadas pelo menos quatro vezes, na casa de uma delas, na cidade de Niterói.

Seguido majoritariamente por crianças, ele estaria se valendo de sua fama entre o público para cometer os estupros de vulneráveis. Outros sete casos suspeitos foram denunciados em estados além do Rio de Janeiro. O foco do acusado seriam menores ligadas ao meio artístico, de cor branca, cabelos lisos e longos.

A aproximação se dava por meio das redes sociais, até chegar ao presencial. “No quarto da criança, sem os olhares das mães, que achavam que o influenciador realizava brincadeiras lúdicas com as duas crianças, Raulzito cometeu os infames crimes, que consistiam em brincadeiras de cunho sexual, com a prática de abusos”, o MP conta.

Ele já tinha sido preso anteriormente, devido a um mandado de prisão temporária emitido pela 4ª Vara Criminal de Niterói e, caso o crime seja comprovado, Raulino de Oliveira Maciel pode pegar pena de oito a 15 anos de reclusão.

0 0 votos
Article Rating