Moradores de Jauá fecham BA-099 em protesto contra desaparecimento de casal

A manifestação também é por conta de um homem que teria sido morto quinta-feira (29), na localidade.

Foto: Divulgação

Moradores de Jauá, em Camaçari, fecharam um trecho da BA-099, na tarde deste sábado (31). O ato foi realizado em protesto contra o desaparecimento de Rosenilda de Jesus Santos, de 44 anos, e Silvano Souza dos Santos, de 48, durante a madrugada. As informações são do G1 Bahia.

Segundo os moradores, a manifestação também é por conta de um homem que teria sido morto quinta-feira (29), na localidade. Os manifestantes queimaram objetos na via, sentido Linha Verde. A Polícia Militar foi acionada e, momentos depois, conseguiu liberar a pista.

De acordo com o G1, testemunhas contaram que um grupo armado teria invadido a residência do casal, atirado neles e fugido levando os corpos. O filho do casal, que não quis se identificar, contou que dois homens armados foram os responsáveis pelo desaparecimento dos pais dele.

Ainda segundo a reportagem, a Polícia Militar, não confirma a morte das duas vítimas. Em nota, a PM informou que policiais foram acionados com informações de um sequestro em andamento, envolvendo um homem e uma mulher, na rua Dos Artistas, em Jauá.

Ainda conforme a PM, quando chegou ao local, a guarnição constatou o fato e realizou o acompanhamento dos filhos das vítimas até a 26ª delegacia para procederem com registro da ocorrência.

A PM destacou que equipes da 59ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Vila de Abrantes) realizaram rondas e buscas a procura das vítimas e dos suspeitos, mas que ninguém foi localizado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*