Morre em Salvador a Educadora e líder religiosa, Makota Valdina

Morreu na madrugada desta terça-feira(19), a educadora e religiosa Valdina de Oliveira Pinto, mais conhecida como Makota Valdina. Ainda não há detalhes das causas da morte, mas conforme amigos, ela estava há cerca de 10 dias em um hospital particular da capital baiana, onde foi internada após sofrer um infarto.

Valdina era conhecida como Makota devido ao cargo recebido no candomblé, no terreiro Angola Tanusi Junsara, localizado no Engenho Velho da Federação, bairro onde ela nasceu e desenvolveu ações educacionais. Desde a década de 1970, Valdina lutava contra a intolerância, principalmente a religiosa.

O sepultamento está marcado para às 15h30 desta terça-feira, no cemitério Jardim da Saudade, no bairro de Brotas. Informações G1

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*